Guia de Encontros

Revista Sábado partilha conselhos para melhorar perfil de encontros online

Os conselhos não são muito diferentes dos que passamos nesta página, o que demonstra que são regras básicas que funcionam.

Aquji ficam:

Não escreva o perfil sozinho.

Muitas vezes é melhor deixar que sejam os seus amigos a escreverem o seu perfil, até porque eles, provavelmente, conseguirão ser mais sinceros e objectivos. Dependendo dos seus amigos, é aconselhável a que reveja sempre o texto antes de o publicar.

Evite os clichés.

É verdade que as frases feitas são populares porque já terão resultado mais do que uma vez, mas não queira ser igual a mil e um outros perfis. Quase todos gostam de “dar passeios na praia”, ou “beber um bom copo de vinho ao pôr-do-sol, com uma boa companhia”. Portanto, deve procurar aquilo que o possa diferenciar pela positiva.

Veja outros perfis

Está encalhado na criação do seu perfil? Faça uma pesquisa rápida para se inspirar. Pode não copiar o que os outros escreveram (não deve, como explica o ponto prévio), mas pode sempre adaptar.

Fogografias em movimento

Deixe de lado a fotografia estática, seja de cara ou de corpo inteiro. Estudos mostram que fotografias em que está a fazer algo – mesmo que não se veja perfeitamente a sua cara – são alvo de mais interesse. Tocar um instrumento, ler ou escalar dão fotografias mais chamativas.

Sorria

Se for mais tradicional e preferir mesmo ter a sua cara como fotografia de perfil, mais vale um sorriso ao largo da cara do que uma expressão sensual. Pelo menos é o que afirmam 96% dos inquiridos numa sondagem elaborada pela revista Marie Claire.

Seja Positivo

Deixe de lado os pontos negativos e foque-se no positivo. Afinal, esta é a sua carta de apresentação e a primeira impressão continua a contar bastante.

Seja Honesto

Mas não se esqueça, seja positivo, mas sempre honesto. Mentir não o levará muito longe, ou pelo menos durante muito tempo.

Não deixe o perfil estático.

Vá alterando pormenores, acrescentar, retirar. Ir mudando a fotografia. É muito como atirar novos iscos ao mar e esperar que mordam.

Não escreva com erros.

Erros gramaticais podem ditar um “não” imediato de muitas pessoas.

Fonte: Revista Sábado