Guia de Encontros

Encontros online Portugal: estatísticas 2018

Os portugueses encaram cada vez mais os sites de encontros com naturalidade: há cada vez mais mulheres e divorciados a procurar um amor online.

Há uma tendência crescente em apostar numa apresentação mais completa e com fotografias e parece que mais a norte os homens são os que mais metem conversa, mas as mulheres do norte são também as que dão mais "troco". Também parece que os portugueses estão mais  humildes em relação ao seu aspecto físico (ou talvez apenas mais sinceros). Os portugueses divorciados são cada vez mais representativos.

Eis alguns dados:

Estatísticas por estado civil

Apesar da maioria dos utilizadores afirmarem que são solteiros, é de assinalar que os divorciados representam já mais de 35% (um crescimento de 11% face ao ano anterior).

Adicionalmente, em cada 5 portugueses inscritos, 2 eram mulheres o que representa um aumento de 30% na proporção de mulheres para homens.

No que respeita a idades, os homens têm em média 36 anos, no que respeita a mulheres têm em média 39 anos, o que representa um aumento de idades  de 2 anos em média.

No caso dos divorciados, uma curiosidade: mais de metade das pessoas divorciadas são mulheres.

No que respeita à distribuição geográfica, os distritos com maior número de inscrições continuam a ser os distritos com maiores cidades: Lisboa, Porto, Setúbal, Aveiro, Coimbra, Faro, Leiria, Braga e Santarém.

Os homens continuam a ser quem inicia mais vezes conversa: 8 em cada 10 conversas são iniciadas por homens - sobretudo no norte do país.
Bragança, Vila Real, Viseu e Porto são os distritos onde os homens mais abordam as mulheres.

Relativamente a dar resposta às mensagens enviadas, também é no norte que se mais responde às primeiras mensagens recebidas (mais de 38%).

Também são as mulheres do norte que mais respostas dão às primeiras mensagens: elas respondem em mais de 20% dos casos que as mulheres mais a sul.

Estatísticas por distrito